Resultados 1 a 3 de 3

Tópico: Reportagem:"Pente-fino"nas importações de produtos similares

  1. #1
    Senior Member Avatar de xareu
    Data de Ingresso
    Sep 2011
    Localização
    Espirito Santo
    Posts
    1.157
    Peso da Avaliação
    10

    Reportagem:"Pente-fino"nas importações de produtos similares

    "Pente-fino" nas importações de produtos similares aos da indústria nacional

    Reportagens
    19/03 - 18h17

    "Pente-fino" nas importações de produtos similares aos da indústria nacional

    Paulo Rogério
    Rádio CBN Vitória (93,5 FM | 1.250 AM)

    foto: Paulo Rogério
    Auditor adjunto Jacques Mauro de Moraes
    O auditor da Alfândega de Vitória, Jacques Mauro, diz que a duração dos trabalhos vai depender dos resultados alcançados

    As operações de importação no Espírito Santo irão passar por um 'pente-fino' na liberação de mercadorias por um tempo indeterminado. A causa disso é a Operação 'Maré Vermelha' iniciada nesta segunda-feira (19) pela Receita Federal. Esse trabalho, realizado em todas as alfândegas do País, tem o objetivo evitar que produtos entrem ilegalmente no Brasil.

    Resumidamente, a exigência de documentos para liberação e a fiscalização física das importações serão mais rigorosas do que o que era praticado por analistas e auditores alfandegários até a semana passada. A ação da Receita Federal, que não tem prazo de encerramento, prioriza produtos similares aos produzidos pela indústria nacional, como vestuário, calçados, brinquedos, eletroeletrônicos, bolsas, artigos de plástico, pneus e artigos de cosméticos e perfumaria.

    O auditor adjunto da Alfândega de Vitória, Jacques Mauro de Moraes, diz que as formas mais comuns de operações ilícitas detectadas na Capital envolvem as práticas de subfaturamento e classificação incorreta da mercadoria, por parte dos importadores. Artifícios utilizados para arcar com menos tributos.

    OUÇA A NOTÍCIA


    "A duração da operação depende dos seus resultados. Estaremos acompanhado os resultados em nível nacional e como essa operação vai impactar em cada ramo, além dos casos ilícitos que podem ser desvendados no transcorrer dos trabalhos. Nós podemos trabalhar durante um mês ou mais, dependendo dos resultados", disse o auditor adjunto.

    Dados

    Em 2011, a Receita Federal apreendeu R$ 1,5 bilhão em mercadorias, o que representou um acréscimo de 16% em relação a este mesmo dado no ano anterior. A reportagem questionou, mas o Fisco Federal Capixaba não tem levantamento algum referente a apreensões no Espírito Santo.

    http://gazetaonline.globo.com/_conte...-nacional.html

  2. #2
    Senior Member Avatar de xareu
    Data de Ingresso
    Sep 2011
    Localização
    Espirito Santo
    Posts
    1.157
    Peso da Avaliação
    10

    Re: Reportagem:"Pente-fino"nas importações de produtos simil

    19/3/2012 às 20h25 - Atualizado em 19/3/2012 às 20h25
    Receita aperta cerco e faz operação no ES após aumento no número de importações irregulares
    Brinquedos, utensílios de plástico e equipamentos eletrônicos importados estão na mira da Receita Federal. O órgão vai ser mais rigoroso para a liberação dessas mercadorias durante a Operação Maré Vermelha, que começou nesta segunda-feira (19) em todo o país e deve durar pelo menos um mês.

    Essas mercadorias são alvos preferenciais porque, segundo a Receita, quando elas entram ilegalmente no país prejudicam muito a economia por conta da concorrência desleal com os importadores corretos. Em 2011, as importações no Brasil aumentaram 24% com relação a 2010, mas os flagrantes de irregularidades nessa área cresceram 67% no mesmo período.

    A alfândega do Espírito Santo é a segunda maior do país, só perdendo para a de Santos. No entanto, o número de auditores e analistas é a metade do ideal: são 84 quando seriam necessários pelo menos 160. A receita admite que a operação vai atrasar ainda mais a liberação de mercadorias importadas na alfândega, o que já é uma reclamação dos importadores.

    "Infelizmente vamos poder contar com o apoio dos importadores que não cometem ilícitos em comércio internacional porque esse aumento é esperado, já imaginamos que isso vai gerar um impacto aqui no Estado. Não vamos nos preocupar apenas com o tempo de despacho, mas com o combate a ilícitos", explicou o inspetor adjunto da Alfândega Jaques Mauro.
    http://www.folhavitoria.com.br/econo...regulares.html

  3. #3
    Senior Member Avatar de iceman212
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Localização
    São Paulo
    Posts
    297
    Peso da Avaliação
    7
    "19/3/2012 às 20h25"
    Na boa, já devem ter uns 20 posts sobre essa operação maré vermelha que acabou a muito tempo.

Tópicos Similares

  1. iPhones 5 "xing-lings" são destruídos pela Receita Federal
    Por rfsilveira no fórum Discussão Geral
    Respostas: 14
    Último Post: 21/04/2013, 09:08
  2. Pacote "Original" é mais fácil ser pego?
    Por Carrek no fórum Discussão Geral
    Respostas: 3
    Último Post: 08/04/2012, 19:09
  3. Pagamanto por "Money order" p n pagar IOF..
    Por Renato_si no fórum Pagamento
    Respostas: 2
    Último Post: 28/03/2012, 16:09

Marcadores

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •