Resultados 1 a 7 de 7

Tópico: DROPSHIPING, "LIVROS"

  1. #1
    Member Avatar de wbrito
    Data de Ingresso
    Jan 2014
    Localização
    Minas Gerais
    Posts
    86
    Peso da Avaliação
    6

    DROPSHIPING, "LIVROS"

    Olá turma, boa tarde!!!

    Como não passo nenhum dia sem consultar esta enciclopédia chamada ImportaBR, sei o que dizer e onde devo dar pitaco, estive analisando, procurei na lupa, e de forma alguma encontrei fornecedores de livros, revistas, como todos sabem, estes produtos são isentos de impostos, sendo assim, seria lucrativo até demais.

    Livros, jornais e periódicos impressos em papel não pagam impostos (art. 150, VI, "d", da Constituição Federal);

    Pensei comigo, e uma loja virtual? Que tal um dropship, com livros, revistas, as vezes alguns compram pelo prazer à leitura, outros por necessidades nos estudos, seja nos ensinos fundamental e médio ou na nível de graduação, pós graduação, mestrado e até doutorado, existem livros que se encontram no exterior apenas, os mesmo custam uma fortuna.

    Existem muitas livrarias online, mas posso garantir que o foco das mesmas em sua grande maioria são as editoras nacionais, enquanto isso, as internacionais ficam nas mãos de poucos.


    Caso conheçam editoras no exterior postem aqui, fica a dica.

  2. #2
    Senior Member
    Data de Ingresso
    Jun 2013
    Localização
    Passos-MG
    Posts
    219
    Peso da Avaliação
    6
    Olá amigo,

    Eu já tinha pensado nisto e até cheguei a pesquisar alguma coisa na web, mas não achei nada em português, no máximo um ou dois livros.

    O ideal seria ter muitos livros e revistas.

    Dei uma pesquisada em Portugal para ter uma ideia e achei mega caro os livros, ai não compensa, pois o ideal seria ser mais barato que os daqui do Brasil.

    Citação Postado originalmente por wbrito Ver Post
    Olá turma, boa tarde!!!

    Como não passo nenhum dia sem consultar esta enciclopédia chamada ImportaBR, sei o que dizer e onde devo dar pitaco, estive analisando, procurei na lupa, e de forma alguma encontrei fornecedores de livros, revistas, como todos sabem, estes produtos são isentos de impostos, sendo assim, seria lucrativo até demais.

    Livros, jornais e periódicos impressos em papel não pagam impostos (art. 150, VI, "d", da Constituição Federal);

    Pensei comigo, e uma loja virtual? Que tal um dropship, com livros, revistas, as vezes alguns compram pelo prazer à leitura, outros por necessidades nos estudos, seja nos ensinos fundamental e médio ou na nível de graduação, pós graduação, mestrado e até doutorado, existem livros que se encontram no exterior apenas, os mesmo custam uma fortuna.

    Existem muitas livrarias online, mas posso garantir que o foco das mesmas em sua grande maioria são as editoras nacionais, enquanto isso, as internacionais ficam nas mãos de poucos.


    Caso conheçam editoras no exterior postem aqui, fica a dica.
    Juliano Cunha
    WebMaster JCSites.com
    Revendedor BazarVintage.com.br

  3. #3
    Member Avatar de wbrito
    Data de Ingresso
    Jan 2014
    Localização
    Minas Gerais
    Posts
    86
    Peso da Avaliação
    6
    Citação Postado originalmente por Juliano Cunha Jcsites Ver Post
    Olá amigo,

    Eu já tinha pensado nisto e até cheguei a pesquisar alguma coisa na web, mas não achei nada em português, no máximo um ou dois livros.

    O ideal seria ter muitos livros e revistas.

    Dei uma pesquisada em Portugal para ter uma ideia e achei mega caro os livros, ai não compensa, pois o ideal seria ser mais barato que os daqui do Brasil.
    Olá Juliano, boa tarde!!!

    Cara, pesquiso sempre, mas porém a maioria dos livros é em inglês, como sabemos que a maioria dos brasileiros fala mal mal o português, fica complicado mesmo, grandes clássicos, livros de medicina e outras áreas que as vezes no Brasil são complicados para se achar, se encontram com facilidade no exterior, quem compra paga a pesos de ouro. Mas é isto, seria uma forma de lucrar sem impostos.

    Obrigado amigo.


    Abraços.

  4. #4
    Senior Member
    Data de Ingresso
    Jun 2013
    Localização
    Passos-MG
    Posts
    219
    Peso da Avaliação
    6
    Este é o problema, o idioma. A ideia é ótima.

    Caso encontre algo legal compartilha que tenho interesse também.

    Valeu.

    Citação Postado originalmente por wbrito Ver Post
    Olá Juliano, boa tarde!!!

    Cara, pesquiso sempre, mas porém a maioria dos livros é em inglês, como sabemos que a maioria dos brasileiros fala mal mal o português, fica complicado mesmo, grandes clássicos, livros de medicina e outras áreas que as vezes no Brasil são complicados para se achar, se encontram com facilidade no exterior, quem compra paga a pesos de ouro. Mas é isto, seria uma forma de lucrar sem impostos.

    Obrigado amigo.


    Abraços.
    Juliano Cunha
    WebMaster JCSites.com
    Revendedor BazarVintage.com.br

  5. #5
    Senior Member
    Data de Ingresso
    Dec 2013
    Localização
    São Paulo
    Posts
    495
    Peso da Avaliação
    6
    Acredito que para comprar livro em inglês o sujeito deve falar o idioma e uma das vantagens em algumas areas onde se pratica drop é o desconhecimento do que acontece fora pelo público alvo.

    E acredito que existe uma possibilidade razoável dessa pessoa acessar sites do exterior e conhecer sites como amazon e outros.

    Ainda sim acredito que é a velha questão de praticidade, tem livraria nacional que vende livro de 30 dólares por R$180 e as vezes a pessoa precisa de algo urgente.

    O público é bem diferente do pessoal do drop comum, isso tem que ser considerado, mas falo sem conhecer esse mercado e saber se é bom se vender muito por que muitas pessoas vão direto na amazon, ainda mais quem fala inglês.

  6. #6
    Acesso ao Clube
    Data de Ingresso
    Mar 2011
    Localização
    Belo Horizonte / MG / BRAZIL
    Posts
    71
    Peso da Avaliação
    9
    Quem faz pós graduação, quase sempre, sabe inglês, isto é, escreve e lê, com desenvoltura. Saber inglês é essencial para este público.
    A compra de livros escritos em inglês, francês, espanhol e outras linguas tem um mercado muito promissor, porem existem poucos que se aventuram, pois a grande maioria das obras "técnicas" tem edições limitadas, são distribuídas por poucas livrarias, alem de que existe muita cópia ilegal, copia "xerográfica", enfim, no Brasil onde lê pouco ou quase nada, vender livros é uma atividade difícil, porem penso que tem ótimos nichos para serem explorados, livros científicos e tecnológicos.
    Junior Rocha

  7. #7
    Junior Member
    Data de Ingresso
    Mar 2019
    Posts
    20
    Peso da Avaliação
    0
    Já tentou no domínio público?
    A leitura amplia o campo do pensamento. - Allann Xavier
    Aquele que gosta de
    lê livros não morre só, mas com vários amigos. - Ariano Suassuna

Tópicos Similares

  1. [Resolvido] Me "emprestar" conta no ebay que já "verificada"
    Por lojaCTEx no fórum Boteco
    Respostas: 3
    Último Post: 10/11/2016, 12:06
  2. Respostas: 3
    Último Post: 04/12/2013, 23:19
  3. Respostas: 20
    Último Post: 07/11/2013, 23:37
  4. "Golpe" do "Não recebi meu produto!!!"
    Por ThalisBrum no fórum Discussão Geral
    Respostas: 4
    Último Post: 22/05/2013, 16:13

Marcadores

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •