Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Saiba como Legalizar Dropshipping

Collapse
Este é um tópico fixo.
X
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Por favor, alguém sabe qual forma de se trabalhar legalmente com CNPJ, etc, com dropshipping de produtos vindos dos EUA (primeiro para você e depois para o cliente) e também ter um estoque a pronta entrega, é possível? Qual CNAE devo usar?

    Comentário


    • Se precisa o cliente pagar, basta fazer o pedido no cpf do cliente, fazer por boleto com o cpf do cliente e pagar

      Comentário


      • Vocês viram que o Encomenda Global saiu do ar? Fico na dúvida se quebrou pelo Dólar e por questões de mercado ou foi algum problema legal. Alguém tem ideia?

        Comentário


        • Boa pergunta... o Encomenda Global, o Compre da China e etc...

          Comentário


          • Galera, saiu um post no Conta Azul falando sobre como regulamentar negócio Drop Shipping e eles falam de um CNAE que eu nunca tinha visto:

            https://blog.contaazul.com/dropshipp...uenas-empresas

            O que acham?

            Comentário


            • Postado originalmente por magicnow Ver Post
              Galera, saiu um post no Conta Azul falando sobre como regulamentar negócio Drop Shipping e eles falam de um CNAE que eu nunca tinha visto:

              https://blog.contaazul.com/dropshipp...uenas-empresas

              O que acham?
              Esquece. Esse procedimento que eles "ensinam" é inviável. Você precisará elaborar uma DSI para absolutamente toda venda que fizer. Cliente vai receber a mercadoria em 15456 meses. E não se esqueça do imposto: se for formalizar desta forma continuará pagando até 100% de imposto. Se for para trabalhar legalmente, que seja da forma tradicional: importa os produtos, paga os impostos, estoca e vende.

              Como importar produtos

              Com a empresa legalmente constituída, é preciso se cadastrar junto ao Ambiente de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (Radar) da Receita Federal. Como passo seguinte, uma Declaração de Importação (DI) é preenchida no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex), informando quais mercadorias pretende adquirir fora do país.

              A operação está sujeita a taxas diversas, como contrato de câmbio com instituição financeira, conversão de moeda para pagar o fornecedor e tributos, como o Imposto Sobre a Importação de Produtos Estrangeiros (II), cujas alíquotas variam entre 2% e 35%, conforme o produto. IPI, PIS/Cofins e ICMS também incidem sobre todas as etapas da operação.

              A dica é conhecer todas as despesas envolvidas e calcular a importação antes de partir para esse modelo de negócio, pois os custos podem ser altos e até inviabilizar a atividade, dependendo da mercadoria adquirida no exterior.

              É possível ainda utilizar o Importa Fácil, uma solução logística oferecida pelos Correios para itens cujo valor aduaneiro não ultrapasse US$ 3.000. Vale visitar a página do serviço para conhecer todas as condições envolvidas, da documentação às dimensões do objeto.

              Comentário


              • Olá, pessoal!

                Estou começando um negócio de dropshipping e gostaria de saber como faço para legalizar meu negócio como MEI?
                Vocês sabem se é possível declarar meus ganhos pelo Carnê Leão?
                Last edited by DFC; 18/06/2017, 17:23.

                Comentário


                • [editado pela moderação] Publicidade/Comércio em Local Não Autorizado!

                  Use a Área de Anunciantes - Leias as Regras Gerais e evite punições!
                  Ábaco Logistics Despacho Aduaneiro e Fretes Internacionais
                  cel 011-9-7482-9061 Vivo (WhatsApp) | Comercial 011-4172-8949
                  [email protected] - www.abacologistics.com
                  H A B I L I T A Ç Ã O N O R A D A R PARA MEI , LTDA, S/A - GRATUITO PARA LEITORES DO IMPORTABR

                  Comentário


                  • Para dropshipping o negócio é DBE necessário? Eu vi isso em algum site e eu não sei como é verdade

                    Comentário


                    • Para quem por ventura cair de paraquedas aqui para adquirir informações atualizadas, gostaria de dizer que o TX115 está coberto de razão.

                      A prática de Dropshiping é sim legal, mas entendam que isso só é valido para movimentações dentro do país. Por exemplo: Através da sua situação de pessoa jurídica, tu consegue preços melhores, e assim os oferta através de loja virtual, onde teus clientes irão adquirir tal produto, e você só fará a conexão entre atacadista e cliente.


                      E outra, convenhamos que 100% dos atuantes dessa prática no país, cometem ilegalidades na declaração dos valores. Citando um exemplo atual, o Redmi Note 7 virou mina de ouro, para os atuantes de tal modalidade, o mesmo, mesmo na compra de elevadas quantidades possui custo unitário de 150 dólares, e aqui no Brasil é vendido por 950 a 1000 reais através de drop. É impossível realizar a importação de um produto que custa 150 dólares, com as alíquotas vigentes dos dois regimes de tributação, vender por tal valor e ainda lucrar algo (na verdade tu teria um debito de 400 reais ou mais kkkk).


                      Ou seja, não se iludam, se querem atuar de tal maneira, gozem da fragilidade da fiscalização, mas não abusa da sorte ao legalizar algo cuja essência é fraudulenta.

                      Comentário

                      Working...
                      X