Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Abrir CNPJ para Mercado Livre ?

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • #16
    Postado originalmente por zePequeno Ver Post
    Voce ta 'serto'.
    Pode crer meu camarada!

    Agora, o que não dá é querer colocar "revenda de produto não nacionalizado" e "drop no ML" no mesmo patamar... Aí fica difícil!
    Evite punições e advertências: Regras Gerais do Importa Brasil

    Comentário


    • #17
      Eu sei que muitos ''se aproveitam da minha Noobeza'' no que se refere ao Drop, posso estar errado, mas pelo que entendi, o ''ilegal'' citado seria o fato de que além de ir contra as políticas do ML, que não permite que o vendedor ofereça um produto a longo prazo que não tenha em seu estoque a pronta entrega, ao passo que importar e revender com a modalidade de Drophip praticado por uma pessoa física seria ilegal porque literalmente seria contra a lei, caracterizando sonegação fiscal e crime tributário, e sinceramente, eu já comprei muitos ebooks sobre drop e todos falam maravilhas sobre o método, que todo mundo pode praticar a vontade etc, mas ninguém fala nesses ebooks sobre como formalizar o negócio, possíveis problemas com a justiça e que não é exatamente qualquer pessoa que pode trabalhar com importação e revenda no Brasil, e na minha opinião, essa seria a questão mais delicada e importante que deveria ser orientada aos iniciantes ao invés de focarem exclusivamente no ''ganhe dinheiro com zero de investimento.''

      Comentário


      • #18
        Postado originalmente por Giles de Rais Ver Post
        Eu sei que muitos ''se aproveitam da minha Noobeza'' no que se refere ao Drop, posso estar errado, mas pelo que entendi, o ''ilegal'' citado seria o fato de que além de ir contra as políticas do ML, que não permite que o vendedor ofereça um produto a longo prazo que não tenha em seu estoque a pronta entrega, ao passo que importar e revender com a modalidade de Drophip praticado por uma pessoa física seria ilegal porque literalmente seria contra a lei, caracterizando sonegação fiscal e crime tributário, e sinceramente, eu já comprei muitos ebooks sobre drop e todos falam maravilhas sobre o método, que todo mundo pode praticar a vontade etc, mas ninguém fala nesses ebooks sobre como formalizar o negócio, possíveis problemas com a justiça e que não é exatamente qualquer pessoa que pode trabalhar com importação e revenda no Brasil, e na minha opinião, essa seria a questão mais delicada e importante que deveria ser orientada aos iniciantes ao invés de focarem exclusivamente no ''ganhe dinheiro com zero de investimento.''
        Acontece que "LEGALMENTE" falando, esse assunto traz muitas controvérsias e já foi muito discutido sem uma solução clara. Quem faz drop não está "revendendo" nada! Aí um dos X's da questão! Enquanto não houver uma regulamentação ou legislação específica pra este tipo de prática no sentido de proibi-la ou de fato legalizá-la, qualquer afirmação de que é legal ou ilegal, é equivocada.
        Evite punições e advertências: Regras Gerais do Importa Brasil

        Comentário


        • #19
          Galera fico grato por toda a "discussão" referente ao assunto.

          Mas como eu disse no começo do post , o 'X' não é como legalizar.
          E sim para vendedores do Mercado Livre que importam e vendem com estoque ou dropshipping como abrir o CNPJ por ultrapassar o limite de vendas como pessoa física.

          A conclusão que cheguei após falar com dois usuários aqui do fórum e ligar no SEBRAE foi:
          Abrir MEI pela internet na hora e não emitir nota fiscal dos produtos. (pelo menos no meu caso que que o faturamento anual é muito mais de R$ 60.000,00)

          Caso queira emitir nota (caso o faturamento seja maior de 60 mil anual) terá que abrir uma ME.
          Onde o importo é maior e o preço do contador também. rsrs

          Atualmente tenho uma ME aberta (criada em 1997) cujo paguei para um contador fechar a 3 anos atrás e o fdp me enrolou.
          Porém a atividade é outra , o nome da empresa e nome fantasia também nada a ver.

          Muitos me disseram que o Mercado Livre aceitaria numa boa , já que os dados (Nome,Endereço e Situação Cadastral) batem.
          Mas já que é pra por CNPJ em minha loja prefiro fazer algo mais certo. Até para abrir a conta bancária no nome da loja (o ML exige para tornar-se profissional)

          Qualquer dúvida talvez eu possa ajudar.


          Abraço a todos !

          Comentário


          • #20
            Seguinte, duas opções:

            Abra um MEI e retire apenas o teto mensal (5 mil R$); você não irá precisar se preocupar em provar a origem do dinheiro pq o MEI não precisa declarar nada nem emitir nota fiscal, a única coisa é que todo fim de ano é feito o imposto de renda da empresa baseado no que você colocou como lucros mensais (faça certinho, se retirou 5, bote 5 na declaração)

            Abra um ME e emita notas fiscais de serviço; você pode colocar que presta serviços de consultoria para e-commerce, representação comercial, coisas assim; antigamente eu tinha uma empresa de produtos virtuais, e eu tirava 4 notas mensais no valor de 5 mil R$ como serviços que não eram direcionadas a ninguém, apenas serviam pra calcular o valor bruto que eu ganhei e a % do imposto; sim, isso não é totalmente legal, porém como você vende dentro do ML, dificilmente daria algum problema pra ti, além de você estar pagando os impostos corretamente sobre o valor; só evite de divulgar muito seu CNPJ por aí, porque caso alguém te denuncie e eles corram atrás, ai sim viriam que você está vendendo mercadorias com um CPNJ porém não tem notas de entrada das mesmas.

            Nenhuma das duas está totalmente dentro da lei, porém a primeira nunca irá te dar problema, mas o valor que vocÊ vai poder movimentar é bem baixo; já a segunda não teria limite de valor porém se você der um azar muito grande, a coisa pode ficar feia pra ti... hehe

            Comentário


            • #21
              Postado originalmente por cleverk Ver Post
              Seguinte, duas opções:

              Abra um MEI e retire apenas o teto mensal (5 mil R$); você não irá precisar se preocupar em provar a origem do dinheiro pq o MEI não precisa declarar nada nem emitir nota fiscal, a única coisa é que todo fim de ano é feito o imposto de renda da empresa baseado no que você colocou como lucros mensais (faça certinho, se retirou 5, bote 5 na declaração)

              Abra um ME e emita notas fiscais de serviço; você pode colocar que presta serviços de consultoria para e-commerce, representação comercial, coisas assim; antigamente eu tinha uma empresa de produtos virtuais, e eu tirava 4 notas mensais no valor de 5 mil R$ como serviços que não eram direcionadas a ninguém, apenas serviam pra calcular o valor bruto que eu ganhei e a % do imposto; sim, isso não é totalmente legal, porém como você vende dentro do ML, dificilmente daria algum problema pra ti, além de você estar pagando os impostos corretamente sobre o valor; só evite de divulgar muito seu CNPJ por aí, porque caso alguém te denuncie e eles corram atrás, ai sim viriam que você está vendendo mercadorias com um CPNJ porém não tem notas de entrada das mesmas.

              Nenhuma das duas está totalmente dentro da lei, porém a primeira nunca irá te dar problema, mas o valor que vocÊ vai poder movimentar é bem baixo; já a segunda não teria limite de valor porém se você der um azar muito grande, a coisa pode ficar feia pra ti... hehe
              Fico muito obrigado pela melhor resposta que tive.

              No caso da primeira opção nao poderei ter um faturamento de R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00 (o que tenho hoje) por mês , mesmo nao emitindo notas ?

              Na segunda opção eu teria que emitir no caso por exemplo 5 notas de serviços que dão o total do meu faturamento ?
              Qual é a porcentagem de imposto ?



              Valeu !


              Sent from my Nexus 4 using Importa Brasil mobile app

              Comentário


              • #22
                Postado originalmente por Gustavo Lopes Ver Post
                Fico muito obrigado pela melhor resposta que tive.

                No caso da primeira opção nao poderei ter um faturamento de R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00 (o que tenho hoje) por mês , mesmo nao emitindo notas ?

                Na segunda opção eu teria que emitir no caso por exemplo 5 notas de serviços que dão o total do meu faturamento ?
                Qual é a porcentagem de imposto ?



                Valeu !




                Sent from my Nexus 4 using Importa Brasil mobile app
                Não, limite do MEI é 5k por mês, passou disso tem que ter ME

                Então, isso foi meu contador que fez pra mim, a gente fazia 4/5 notas mensais só discriminando "serviços gerais informatica", ai somava os valores e emitia a DARF mensal sobre o valor; no meu caso ele encaixou 6.5% que era alíquota até 150 ou 200k anuais, não lembro agora.

                Vale lembrar que isso ai seria só pra você pagar o imposto mesmo; no caso seria pra você poder dizer de onde vem o dinheiro que entra na sua conta bancária todo mês, mas não vai legalizar suas vendas.

                Comentário


                • #23
                  Gustavo, no ano passado comecei a vender com dropship no Mercado Livre mas quando me aproximei de umas 50 vendas fui banido e tive meu cadastro inabilitado. Criei outra conta e comecei a fazer o mesmo, quando o negócio começou a engrenar fui banido denovo, depois disso desisti do Mercado Livre. Como vc conseguiu chegar a 1200 vendas? O que você escrevia no anúncio e que tipo de produto vendia? Se puder falar ..
                  http://www.inovawebsite.com.br

                  Comentário


                  • #24
                    Quem já vende com CNPJ no mercadolivre, é possível retirar o dinheiro para outras contas, como acontece quando é pessoa física, ou apenas para conta vinculada ao CNPJ ? Outra dúvida, o MercadoLivre não passa informação nenhuma para a receita federal não ? acredito que não, mas se alguem souber melhor

                    Comentário


                    • #25
                      Postado originalmente por marciosbt Ver Post
                      Quem já vende com CNPJ no mercadolivre, é possível retirar o dinheiro para outras contas, como acontece quando é pessoa física, ou apenas para conta vinculada ao CNPJ ? Outra dúvida, o MercadoLivre não passa informação nenhuma para a receita federal não ? acredito que não, mas se alguem souber melhor
                      Quando comecei a vender com CNPJ lá só abri conta jurídica bem depois. Não tem essa restrição. Quanto à outra pergunta: mistério... Mas de qualquer jeito você tem que retirar o dinheiro pro banco e lá fica registrada a origem...
                      Evite punições e advertências: Regras Gerais do Importa Brasil

                      Comentário


                      • #26
                        Dúvida: qual o ritmo de vendas ou volume de valor acionou esse bloqueio no mercado livre?

                        Comentário


                        • #27
                          Postado originalmente por marciosbt Ver Post
                          Quem já vende com CNPJ no mercadolivre, é possível retirar o dinheiro para outras contas, como acontece quando é pessoa física, ou apenas para conta vinculada ao CNPJ ? Outra dúvida, o MercadoLivre não passa informação nenhuma para a receita federal não ? acredito que não, mas se alguem souber melhor
                          Somente contas vinculadas ao CNPJ no caso maximo de 5 contas.. o Mercado Livre nao declara o montante de vendas de cada vendedor e sim o Valor bruto de suas negociaçoes no mes ,agora caso a Receita pedir dados de qualquer vendedor ou comprador o mesmo é obrigado a Repassar..
                          Last edited by deivson carvalho; 22/06/2014, 20:33.

                          Comentário


                          • #28
                            Sei que o limite do MEI é de 5 mil por mês, não podendo passar de 72 mil por ano.
                            Mas tem alguém fiscaliza isso?

                            Gostaria de ser MEI mas no ML faturo por volta de 8 a 10 mil por mês.
                            Se vou direto para ME terei que emiti notas em todas as entradas e saídas porém compro sem nota, além de emitir cerca de 800 notas por mês gastará muito tempo, trabalho sozinho. E ainda trabalho em casa e aqui no bairro ainda não tem IPTU, o que seria difícil de conseguir o alvará com a prefeitura.

                            Será terei problemas se abrir MEI e declarar 5 mil mesmo tendo faturamento maior?

                            Comentário


                            • #29
                              Minha Grande Curiosidade agora é: O que você vende?

                              Comentário


                              • #30
                                Postado originalmente por Fabio e Fabiana Ver Post
                                Minha Grande Curiosidade agora é: O que você vende?
                                Acessórios para celulares.



                                Sent from my GT-I9192 using Importa Brasil mobile app

                                Comentário

                                Working...
                                X