Página 2 de 14 PrimeiroPrimeiro 123412 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 11 a 20 de 140
  1. #11
    Member Avatar de hayslan
    Data de Ingresso
    Aug 2011
    Posts
    30
    Peso da Avaliação
    0

    Re: Importar legalmente para revenda

    Eu queria que a galera se pronunciasse aqui sobre como estão declarando o imposto de renda no fim do ano e se estão tendo algum problema.

    Comecei minhas importações fazendo dropshipping no meio desse ano (2011) e graças a Deus minhas vendas tem aumentado bastante - principalmente depois que comecei a vender no Mercado Livre.

    O fato é que a partir do ano que vem, se as coisas continuarem nesse embalo, terei que declarar imposto de renda devido a quantia total que vou receber em minha conta bancária durante o ano de 2012. Aí é que vem minha dúvida.. se eu faço dropshipping e ainda não possuo CNPJ nem faço importações legais para revenda, como eu devo justificar a minha fonte de renda? O que devo fazer, alguém tem alguma dica?

    Tem alguém lembrando disso aí?!
    Estou com dúvidas pois é a primeira vez que me vejo nessa situação.. Alguém me disse algo sobre o mercado informal.. como os camelódromos por exemplo. Eles recebem muita grana, não é possível que não movimentam em uma conta corrente! E aí, eles declaram imposto de renda? Como?

    Se alguém puder ajudar galera.. é um assunto interessante!

  2. #12
    Acesso ao Clube Avatar de JulianaBuch
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Localização
    São Paulo
    Posts
    200
    Peso da Avaliação
    7

    Re: Importar legalmente para revenda

    coloque o dinheiro na conta da sua mãe, irmão, pai, enfim...
    Alguém que já declara e que alguns mil reais de diferença não vá mudar nada.
    O ideal seria registrar uma empresa depois disso e abrir uma conta juridica.
    Projeto pessoal, Comprei de Fora .

  3. #13
    Novato Avatar de FERNANDO JR
    Data de Ingresso
    Feb 2012
    Posts
    4
    Peso da Avaliação
    0

    Re: Importar legalmente para revenda

    Boa tarde a todos, essa é minha primeira postagem no forum. Preciso muito da ajuda de voces. Sou vendedor no mercado livre a 4 anos, e hoje recebi um "ultimato" do mercado livre me obrigando a me tornar pessoa juridica caso queira continuar a vender no site. Sempre vendi celulares importado da china cujo compro pelo meu cartao de credito e mais outros 2 cartoes de amigos meus, em media são 9 aparelhos por mes que da um total de compra de $1080 dollar, atualmente sou pessoa fisica. Fui até um contador da minha cidade para tirar duvidas referente ao MEI e micro empresa. Ele informou que o mei agora pode ter uma media de R$5.000,00 p/mes, gostei da noticia , porem vem as duvidas. Meus gastos com compra e venda não vao ultrapassar o limite do MEI porem eu posso utilizar o MEI(micro empreendedor individual) normalmente para continuar a fazer esse comercio mesmo que provavelmente o fornecedor da china não forneça nota fiscal da venda? Caso ele forneça apenas uma nota simples discriminando a minha compra e contendo todas as informações do fornecedor nessa nota, ela vai servir para eu apresentar na receita federal caso ela venha a solicitar algum esclarecimento? Obrigatoriamente tenho que contratar uma empresa(Ex: importa facil dos correios) ou posso continuar a fazer da forma que faço hoje, comprando pelo paypal e mandando receber direto em minha residencia? Como fica a historia de comprar da china e nao ser taxado ao entrar no Brasil devido a declarar um valor menor na embalagem e não na nota? Apos me tornar CNPJ eu terei que obrigatoriamente pedir para o fornecedor declarar na embalagem externa o exato valor da minha compra sem "esconder" os valores reais?...Sei que são muitas perguntas mas eu dependo e muito da renda que tenho nessas vendas e se não conseguir me adequar terei um grande prejuízo e estou muito preocupado com isso.

  4. #14
    Acesso ao Clube Avatar de JulianaBuch
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Localização
    São Paulo
    Posts
    200
    Peso da Avaliação
    7

    Re: Importar legalmente para revenda

    Agora fica realmente bem mais complicado, vou tentar explicar.
    EI (empreendedor individual, que você pode fazer o registro gratuitamente pelo site do governo) NÃO É OBRIGADO a emitir nota fiscal para pessoa física, apenas para pessoa jurídica, então você já se livra dessa.

    Importar "legalmente" você só pode fazer tento RADAR ou via importa fácil dos correios (mas tem aquela taxa de R$150,00 para desembaraço e você provavelmente vai ter um gasto a mais com LI).

    Para empresa pequena não compensa ter radar, sendo que o que vão te cobrar para fazer um desembaraço (liberar a importação no porto) é algo próximo ou mais que um salário minimo - sendo inviável para pequenos importadores.

    Se quiser optar pelos correios pode ser mais simples, certamente vai ter que pagar o imposto de 60%+IMCS (SP 18%) + R$150,00 de desembaraço, o que, dependendo dos preços que você e sua concorrência praticavam pode tornar o negocio não mais lucrativo.

    Sem contar que pelo que eu já li para importar você não pode pagar via paypal, pois não é aceito pelo Banco do Brasil - esta parte não lembro porque, mas fiz esta pergunta no fórum do siscomex e mes responderam que o dinheiro tem que ser negociado diretamente com o exportador.

    O que você pode fazer, que muitos fazem, é apenas abrir a empresa como EI, mas continuar as suas compras como pessoa física, ou pode estudar um pouco e tentar fazer "legalmente".

    Qualquer dúvida eu te ajudo, se eu puder.
    Projeto pessoal, Comprei de Fora .

  5. #15
    Novato Avatar de FERNANDO JR
    Data de Ingresso
    Feb 2012
    Posts
    4
    Peso da Avaliação
    0

    Re: Importar legalmente para revenda

    Citação Postado originalmente por JulianaBuch
    Agora fica realmente bem mais complicado, vou tentar explicar.
    EI (empreendedor individual, que você pode fazer o registro gratuitamente pelo site do governo) NÃO É OBRIGADO a emitir nota fiscal para pessoa física, apenas para pessoa jurídica, então você já se livra dessa.

    Importar "legalmente" você só pode fazer tento RADAR ou via importa fácil dos correios (mas tem aquela taxa de R$150,00 para desembaraço e você provavelmente vai ter um gasto a mais com LI).

    Para empresa pequena não compensa ter radar, sendo que o que vão te cobrar para fazer um desembaraço (liberar a importação no porto) é algo próximo ou mais que um salário minimo - sendo inviável para pequenos importadores.

    Se quiser optar pelos correios pode ser mais simples, certamente vai ter que pagar o imposto de 60%+IMCS (SP 18%) + R$150,00 de desembaraço, o que, dependendo dos preços que você e sua concorrência praticavam pode tornar o negocio não mais lucrativo.

    Sem contar que pelo que eu já li para importar você não pode pagar via paypal, pois não é aceito pelo Banco do Brasil - esta parte não lembro porque, mas fiz esta pergunta no fórum do siscomex e mes responderam que o dinheiro tem que ser negociado diretamente com o exportador.

    O que você pode fazer, que muitos fazem, é apenas abrir a empresa como EI, mas continuar as suas compras como pessoa física, ou pode estudar um pouco e tentar fazer "legalmente".

    Qualquer dúvida eu te ajudo, se eu puder.
    Muito obrigado pela ajuda pois sinceramente é um problema que esta me tirando o sono e muito preocupado. Voce informou a respeito do pagamento nao poder ser pelo paypal, nesse caso o pagamento agora teria que ser em dinheiro(só dinheiro ou cartao de credito e debito??) no banco do brasil e o banco do brasil repassa ao fornecedor la na china?
    Caso eu venha a fazer o MEI e comprar pelo paypal com os meus cartoes como pessoa fisica exatamente como faço hoje(recebo as encomendas de uma a uma para evitar taxas), utilizando um valor total de compra mensal R$1.500,00 e de venda mensal no mercado livre R$3.000,00(totalizando R$4500,00 de movimentação estando assim dentro do limite de R$5.000,00 mensal exigido pelo MEI) se por ventura a receita fd me convocar para esclarecer essa movimentação e obviamente as mercadorias terem dado entrada no brasil sem pagarem taxas e possivelmente sem nota fiscal pois acho que na china eles nao emitem a nota. Como ficaria? O que voce sugere?
    Obs: eu fazendo tudo direitinho com o importa facil dos correios ficaria assim:
    mercadoria = R$1.500,00
    60% = R$900,00
    icms16% rio = R$240,00
    importa facil = R$150,00
    TOTAL = R$2.790,00
    Ficaria assim porem totalmente legalizado para eu vender mesmo se o fornecedor nao emitir nota fiscal mas apenas uma nota simples?

  6. #16
    Acesso ao Clube Avatar de JulianaBuch
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Localização
    São Paulo
    Posts
    200
    Peso da Avaliação
    7

    Re: Importar legalmente para revenda

    Primeiro que você teria que abrir uma conta jurídica, não poderia mais fazer as compras via pessoa física com os SEUS cartões de credito ou qualquer maneira que você use para fazer.
    Pessoa física não se mistura com pessoa jurídica. Este seria um ponto importante no começo.

    Eu não sei te informar se via Importa Fácil (dos correios) eles aceitam pagamentos via paypal, teria que se informar diretamente com os correios sobre as possíveis formas de pagamento, mas já adianto que não poderia ser feito com cartões de crédito no seu nome, teriam que ser necessariamente pessoa jurídica.
    Sei que existe um limite para realizar importações via pagamento em cartão de crédito (é realmente alto para pequenas empresas), não tenho certeza se até este valor "x" tem que ter intermédio do banco do brasil, mas todos os pagamentos de importação são intermediados pelo Banco do Brasil, dai existem diversas formas de pagamento, desde a vista, depois de receber a mercadoria, carta de crédito (comparado porcamente com o funcionamento do mercado pago).

    EI esta dispensado de imposto de renda pessoa jurídica, como é meu primeiro ano de empresa ainda não sei te explicar como é feito, mas é algo que vou me informar logo menos.

    Se você for fazer como fez até hoje não muda nada, você só terá uma empresa, terá que ter um controle básico mensal das despesas/lucros, que como não existe emissão de nota fiscal, você pode falar que lucrou com a empresa o que você quiser (é completamente errado falar isso, mas no Brasil funciona assim né...), o resto do dinheiro você pode declarar ou não da maneira que você já fazia.

    Como EI você pode emitir uma nota de venda simples, que na verdade você vai poder emitir mesmo sem o produto ter entrado "legal para venda".
    Projeto pessoal, Comprei de Fora .

  7. #17
    Acesso ao Clube Avatar de JulianaBuch
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Localização
    São Paulo
    Posts
    200
    Peso da Avaliação
    7

    Re: Importar legalmente para revenda

    Acredito que se a pessoa tem condições e saco (principalmente) e quer ver o negócio crescer e ser levado a sério, é interessante mesmo que no inicio faça ilegal, estudar para num futuro próximo começar a realizar as compras/vendas legalmente. O Brasil oferece muitas maneiras simples de burlar as coisas, agora é meio que um desabafo meu.
    Estou estudando bastante e fazendo cursos para conseguir dentro de um prazo relativamente curto conseguir legalizar 100% minha empresa, mas digo que é mais fácil, prático e lucrativo simplesmente fazer errado.
    Projeto pessoal, Comprei de Fora .

  8. #18
    Novato Avatar de FERNANDO JR
    Data de Ingresso
    Feb 2012
    Posts
    4
    Peso da Avaliação
    0

    Re: Importar legalmente para revenda

    Citação Postado originalmente por JulianaBuch
    Primeiro que você teria que abrir uma conta jurídica, não poderia mais fazer as compras via pessoa física com os SEUS cartões de credito ou qualquer maneira que você use para fazer.
    Pessoa física não se mistura com pessoa jurídica. Este seria um ponto importante no começo.

    Eu não sei te informar se via Importa Fácil (dos correios) eles aceitam pagamentos via paypal, teria que se informar diretamente com os correios sobre as possíveis formas de pagamento, mas já adianto que não poderia ser feito com cartões de crédito no seu nome, teriam que ser necessariamente pessoa jurídica.
    Sei que existe um limite para realizar importações via pagamento em cartão de crédito (é realmente alto para pequenas empresas), não tenho certeza se até este valor "x" tem que ter intermédio do banco do brasil, mas todos os pagamentos de importação são intermediados pelo Banco do Brasil, dai existem diversas formas de pagamento, desde a vista, depois de receber a mercadoria, carta de crédito (comparado porcamente com o funcionamento do mercado pago).

    EI esta dispensado de imposto de renda pessoa jurídica, como é meu primeiro ano de empresa ainda não sei te explicar como é feito, mas é algo que vou me informar logo menos.

    Se você for fazer como fez até hoje não muda nada, você só terá uma empresa, terá que ter um controle básico mensal das despesas/lucros, que como não existe emissão de nota fiscal, você pode falar que lucrou com a empresa o que você quiser (é completamente errado falar isso, mas no Brasil funciona assim né...), o resto do dinheiro você pode declarar ou não da maneira que você já fazia.

    Como EI você pode emitir uma nota de venda simples, que na verdade você vai poder emitir mesmo sem o produto ter entrado "legal para venda".
    Então caso eu queira importar legalmente terei que fazer o procedimento de fazer o MEI e abir conta juridica e cartao de credito para pessoa juridica.
    Caso eu queira apenas fazer um cadastro no MEI para obter o cnpj devido exigencia no mercado livre, eu poderei continuar a comprar com meu cartao pessoa fisica, não preciso abrir conta em banco como pessoa juridica, continuo vendendo normalmente sem emissão de NF, terei o movimento dos 4500,00 mensal e se a receita federal pedir explicações posso alegar da forma que informou, mesmo eles tendo acesso aos meus gastos em cartao? E como fica as informações que tenho que prestar mensal referente a movimentação do meu cnpj, o que eu vou informar ja que vou continuar a comprar como pessoa fisica atraves do paypal e vender atraves de pessoa juridica pelo mercado livre sem emissao de NF?

  9. #19
    Member Avatar de hayslan
    Data de Ingresso
    Aug 2011
    Posts
    30
    Peso da Avaliação
    0

    Re: Importar legalmente para revenda

    Então caso eu queira importar legalmente terei que fazer o procedimento de fazer o MEI e abir conta juridica e cartao de credito para pessoa juridica.
    Caso eu queira apenas fazer um cadastro no MEI para obter o cnpj devido exigencia no mercado livre, eu poderei continuar a comprar com meu cartao pessoa fisica, não preciso abrir conta em banco como pessoa juridica, continuo vendendo normalmente sem emissão de NF, terei o movimento dos 4500,00 mensal e se a receita federal pedir explicações posso alegar da forma que informou, mesmo eles tendo acesso aos meus gastos em cartao? E como fica as informações que tenho que prestar mensal referente a movimentação do meu cnpj, o que eu vou informar ja que vou continuar a comprar como pessoa fisica atraves do paypal e vender atraves de pessoa juridica pelo mercado livre sem emissao de NF?
    Você pode pedir um contador para informar que a sua empresa não está movimentando nada. Uma vez que você não terá nota fiscal de saída nem de entrada, não tem como comprovar qualquer movimentação em sua empresa. CASO a receita federal investigue a sua conta pessoa física (muito raro, muito mesmo!) e você seja pego pelas importações ilegais, deverá pagar todos os impostos que não pagou + 70% desses impostos. Sobre uma coisa fique tranquilo, sua conta pessoa física não tem nenhuma ligação com sua conta pessoa jurídica e isso não interessa à receita.

    Abraços.

  10. #20
    Acesso ao Clube Avatar de JulianaBuch
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Localização
    São Paulo
    Posts
    200
    Peso da Avaliação
    7

    Re: Importar legalmente para revenda

    Obrigada pela resposta melhor detalhada.
    Tenho uma dúvida simples, EI é obrigatório ter conta jurídica para movimentação de dinheiro ou pode fazer normalmente pela conta pessoa física? Sei que teoricamente PF não tem nada a ver com PJ, mas muitos EIs são pessoas simples, profissionais como cabeleireira etc... Não acredito que estas pessoas tenham conta jurídica.
    Projeto pessoal, Comprei de Fora .

Página 2 de 14 PrimeiroPrimeiro 123412 ... ÚltimoÚltimo

Tópicos Similares

  1. Sites para revenda de produtos importados.
    Por JulianaBuch no fórum Discussão Geral
    Respostas: 16
    Último Post: 30/04/2016, 05:02
  2. comprar grandes quantidades para revenda
    Por dessa-naegele no fórum Impostos
    Respostas: 2
    Último Post: 29/04/2014, 11:37
  3. Compra de camisetas para revenda
    Por PereiraG no fórum Discussão Geral
    Respostas: 0
    Último Post: 14/05/2012, 10:39
  4. Importar roupas pra revenda!
    Por tiagorrocha1 no fórum Boteco
    Respostas: 3
    Último Post: 11/05/2012, 15:05
  5. Importar para revender
    Por pedromkp no fórum Grandes Compras
    Respostas: 12
    Último Post: 02/03/2012, 19:28

Marcadores

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •